EDITORA

CLUBE DOS RECREADORES

PRÁTICAS CORPORAIS NA ESCOLA:
autoeficácia e desempenho acadêmico no ensino médio

de R$ 39,90 por R$ 29,00

CAPA GUI.png

APRESENTAÇÃO

O livro - Práticas Corporais na Escola: Autoeficácia e Desempenho Acadêmico no Ensino Médio, foi escrito com o maior rigor científico da atualidade para você leitor, conhecer as Teorias que sustentam as práticas corporais na escola e suas variantes. Autores renomados e consagrados por suas produções científicas pensaram - O que os profissionais que atuam no ensino- aprendizagem em contexto escolar precisam saber além do conhecimento empírico da sua prática pedagógica no ensino médio? O olhar rigoroso dos cientistas e a sensibilidade pedagógica dos docentes sobre a forma como se estabelecem essas relações estão neste livro, são elementos imprescindíveis para a garantia do direito à aprendizagem dos alunos e a compreensão do desenvolvimento humano por meio das práticas corporais. Pois, o mesmo traz – a Teoria de Albert Bandura sobre a aprendizagem social e conceitos; Pesquisas sobre a relação entre autoeficácia e desempenho escolar; Tipos de estudos e análises; Medidas de autoeficácia de desempenho escolar; A relação entre práticas corporais e desempenho acadêmico. São apresentados os principais países em que foram desenvolvidas pesquisas sobre a relação entre práticas corporais e desempenho acadêmico, tipos de estudos e análises desses trabalhos, sobre as manifestações das práticas corporais e as medidas de desempenho acadêmico. Também, a metodologia de pesquisa com todos os procedimentos de análises de dados sobre a percepção da autoeficácia como mediadora das relações entre as práticas corporais, esportes e desempenho acadêmico. Assim como, resultados inéditos e significativos, que sugerem a leitura obrigatória dessa Obra, por profissionais da Educação Física escolar e de áreas correlatas ao movimento corporal, que contribuí decisivamente para o desenvolvimento humano no século XXI.

 

INTRODUÇÃO

 

CAPÍTULO I

O desempenho acadêmico de estudantes do Ensino Médio

CAPÍTULO II

Bandura, sua teoria de aprendizagem e conceitos

A aprendizagem social

A percepção de autoeficácia

A autorregulação 

CAPÍTULO III

A relação entre autoeficácia e desempenho acadêmico 

Países em que foram desenvolvidas pesquisas sobre a relação entre autoeficácia e desempenho escolar

Tipos de estudos e análises, medidas de autoeficácia e medidas de desempenho escolar

O que dizem os estudos sobre os resultados identificados

CAPÍTULO IV 

A relação entre práticas corporais e desempenho acadêmico

Países em que foram desenvolvidas pesquisas da relação entre práticas corporais e desempenho escolar

Tipos de estudos e análises, manifestações de práticas corporais e medidas de desempenho escolar

O que dizem os estudos sobre os resultados identificados

CAPÍTULO V

A percepção de autoeficácia como mediadora da relação entre práticas corporais, esportes e desempenho acadêmico

 

Métodos

Participantes da pesquisa

Instrumentos e procedimentos

Variáveis independentes

Variáveis dependentes

Procedimentos

Análise estatística

Aspectos éticos

Resultados

Discussão

Considerações finais

REFERÊNCIAS

ÍNDICE REMISSIVO

AVALIAÇÃO DOS PARECERISTAS AD HOC

AUTORES:

 

Guilherme da Silva Gasparotto - Possui pós-doutorado em Educação pela UFPR no Programa de Pós-graduação em Educação, linha de pesquisa em Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano. É doutor em Educação Física pela UFPR, possui especialização em Fisiologia do Exercício pela Uenp e licenciatura plena em Educação Física pela mesma instituição. Membro fundador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Movimento (Gepem – IFPR), membro do Centro de Pesquisa em Educação e Pedagogia do Esporte (Cepepe), do Grupo de Pesquisa em Envelhecimento Humano (GPEH) e do Centro de Estudos em Atividade Física e Saúde da UFPR. Atua nas linhas de pesquisa em Práticas Corporais e Desempenho Acadêmico e Atividade Física e Saúde. Atualmente, atua como professor do Ensino Básico Técnico no IFPR – Pinhais, na disciplina de Educação Física para alunos do Ensino Médio integrado, e como professor permanente dos programas de pós-graduação em Educação (acadêmico e profissional) da UFPR.

Valdomiro de Oliveira - Doutor e mestre em Educação Física pela Unicamp – área de concentração Ciências Pedagógicas da Educação Física, na Linha de Pedagogia do Esporte. Professor associado do Departamento de Educação Física da UFPR. Estágio pós-doutoral em Ciências Pedagógicas da Educação Física e do Desporto pelo Instituto de Cultura Física de Moscou (Rússia). Professor de Programas de Pós-graduação Stricto Sensu em Educação, na linha de Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano. Líder do Centro de Pesquisa em Educação e Pedagogia do Esporte (Cepepe) da UFPR, com relações de pesquisas com instituições internacionais na Rússia, Estados Unidos e Portugal. Vice-líder do Grupo de Pesquisa em Envelhecimento Humano (PPGE) da UFPR. Integrante do Centro de Estudos em Atividade Física e Saúde da UFPR e do Grupo de Pesquisa em Pedagogia do Esporte, da Unicamp.

Gislaine Cristina Vagetti - Doutora em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professora associada da Universidade Estadual do Paraná, Curitiba, Campus II. Orienta Iniciação Científica na Unespar, com apoio do CNPq e Fundação Araucária. Professora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação (UFPR), na linha Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano, com o projeto Educação, Cognição e Qualidade de Vida no Envelhecimento Humano. Líder do Grupo de Pesquisa em Envelhecimento Humano (GPEH) da Universidade Estadual do Paraná (Unespar). Vice-líder do Centro de Pesquisa em Educação e Pedagogia do Esporte (Cepepe) da UFPR. Membro do grupo de pesquisa em Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano (UFPR) e do Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares em Musicoterapia (Nepim) da Unespar. Possui relações de pesquisas com instituições internacionais como EUA e Portugal. Membro do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso do Paraná – Cedi/PR (Decreto n. 3887). Membro da Rede Paranaense de Pesquisa na Área da Pessoa Idosa – Portaria n. 143/2020 – Seti. 

ISBN: 978-65-86423-19-8 | Páginas: 96p.  | Ano: 2021 | 1ª Edição